Sexta, 18 de Junho de 2021 01:51
67993368356
Geral Mato Grosso do Sul

Procon Estadual suspende atendimentos no período de 11 a 24 de junho

Em atendimento ao Decreto  Nº 15.693 do governo do Estado, publicado no Diário Oficial desta quinta-feira  11 de junho que institui medida restriti...

11/06/2021 10h45
Por: Redação Fonte: Secom Mato Grosso do Sul
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Em atendimento ao Decreto  Nº 15.693 do governo do Estado, publicado no Diário Oficial desta quinta-feira  11 de junho que institui medida restritiva temporária voltada ao enfrentamento da emergência de saúde pública decorrente  do coronavírus no território de Mato Grosso do Sul e a Instrução Normativa  expedida pela  Secretaria de Estado de Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho – Sedhast, a Superintendência para Orientação e Defesa do Consumidor –Procon/MS terá o atendimento suspenso, em caráter excepcional no período  de 11 a 24  do mês de junho em curso.

Entretanto, os  consumidores  poderão enviar suas reclamações, pedidos de orientações e denúncias por meio do site  procon.ms.gov.br clicando em “faça aqui sua reclamação” ou em “fale conosco”. Também estarão disponíveis o disque denúncia por meio do número 151 e o watsapp (67) 99158 0088, sendo as demandas analisadas pelos servidores do Procon Estadual para serem tomadas as providências que se fizerem necessárias.

Durante esse período, serão prorrogados os prazos para início da contagem ou  do vencimento dos processos até o primeiro dia útil  após o período de suspensão. A Instrução Normativa determina a suspensão, também em caráter excepcional, das audiências de conciliação no âmbito do Procon Estadual, bem como o atendimento presencial na sede do órgão.

Waldemar Hozano – Assessoria de Comunicação – Procon/MS

Foto: Procon/MS 

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.