Sábado, 28 de Maio de 2022 08:46
67993368356
Geral Mato Grosso do Sul

Melhorias realizadas na Penitenciária de Dourados reforçam segurança de policiais penais na execução dos trabalhos

Na Penitenciária Estadual de Dourados (PED), maior presídio de Mato Grosso do Sul, a instalação de mecanismos de travas nas portas das celas têm le...

27/01/2022 04h50
Por: Redação Fonte: Secom Mato Grosso do Sul
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Na Penitenciária Estadual de Dourados (PED), maior presídio de Mato Grosso do Sul, a instalação de mecanismos de travas nas portas das celas têm levado maior segurança aos policiais penais durante a execução da rotina diária de trabalho.

Foram instaladas travas de segurança para fechar as celas pelo corredor, do lado de fora dos raios, de forma que os policiais penais somente entram para realizar o fechamento do cadeado depois que a cela já esteja travada externamente.

De acordo com a direção do presídio, essas travas são de ferro e cabo de aço para conseguir a agilidade, mobilidade e segurança requerida. “Além destas melhorias, foi criado o solário nas celas disciplinares, com grades e telas na cobertura, o que proporciona maior segurança e impedem a entrada de ilícitos”, detalha o diretor da PED, Antônio José dos Santos.

O dirigente explica que a abertura do portão de acesso a esse solário é feita pelo policial penal no corredor, com a trava de segurança, sem a necessidade de ter contato direto com o interno.

Com foco na melhor fiscalização de custodiados que mais circulam na unidade por conta do trabalho nas oficinas, foi disponibilizada uma sala com o aparelho de scanner destinada à inspeção destes reeducandos, a fim de verificar se portam algum material indevido antes de adentrarem às celas.

Dentro dessas ações de reforço na segurança, houve uma ampliação no sistema de monitoramento por câmeras e armazenamento das imagens. A PED conta com um moderno sistema de vigilância, incluindo câmeras de alta performance.

Além disso, a Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário (Agepen) reservou 48 vagas, das 54 disponibilizadas, dos servidores empossados neste mês de janeiro, para atuarem na Penitenciária Estadual de Dourados. Os novos profissionais reforçam a segurança na unidade, onde os policiais penais estão agora desempenhando mais atribuições, com a assunção das guarda das muralhas, função que antes era desempenhada pela Polícia Militar. Atualmente, toda a vigilância das muralhas e a segurança interna do local é executada pelos profissionais da instituição.

Também já existe uma verba aprovada pelo Fundo Penitenciário Nacional (Funpen), que será executada por meio de licitação realizada pela Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos (Agesul), que possibilitará outras melhorias na segurança da unidade penal, inclusive com telamento superior da área mais sensível da penitenciária.

Keila Terezinha Rodrigues Oliveira, Agepen

 

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.